Translate

domingo, 29 de janeiro de 2017

HORTA DA TURMA A


A escola Joaquim de Barros tem uma Horta num dos cantos da escola junto ao bloco 1.


Em outubro a nossa Turma A começou a construir a sua horta!

Primeiro arrancámos as ervas daninhas remexemos a terra.













 
















Fizemos pequenos montes de terra.



Plantámos espinafres, cebolas brancas, cebola roxa, couve portuguesa couve galega, couve roxa, alface, rabanetes, couve flor.

 




Neste momento estamos a mantê-la: arrancamos as ervas daninhas e regamos quando não chove!












Agora é só esperar que cresça e depois........ “MNAM MNAM”.


Vicente Mata

VISITA À QUINTA DOS SETE NOMES

Em Junho fomos a uma horta biológica em Sintra chamada ‘Quinta dos Sete Nomes’. Fomos recebidos pela Professora de Agricultura Biológica Isabel Castanheira, que nos fez uma visita guiada à Quinta.



Lá vimos como funciona uma horta biológica e aprendemos alguns termos novos, como por exemplo:

Banco de sementes –sementes férteis que são recolhidas das ‘plantas mãe’ e guardadas, para serem usadas na nova época de plantação. Isto acontece na agricultura biológica para não ser preciso usar sementes que são modificadas para não se reproduzirem.

Vermicompostagem – minhocas que transformam restos de plantas, cascas de fruta, legumes em adubo muito fértil e saudável. É “cocó” de minhoca!

Vejam como construir um minhocário no site da Quinta dos 7 Nomes: 


http://viveirodaquinta.weebly.com/minhocario.html


Foodforest – as plantas gostam de estar em ambientes de sol e sombra diferentes e as suas raízes também comunicam quimicamente entre si, por isso, uma horta deve ter vários tipos de plantas diferentes e até algumas árvores.


Nesta quinta construíram lagos para terem animais como sapos, cobras,  libelinhas etc... que são predadores das pragas das cultura e assim não precisam de usar produtos químicos!

No fim ensinaram-nos a fazer ‘bombas de sementes’ para fazermos ‘agricultura de guerrilha’! ..... por exemplo uma ´bomba´de sementes de feijoeiro numa rotunda com um relvado!!!!


Vicente Mata


quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Capicua




Assistimos em Junho a um concerto de Capicua no Teatro S. Luiz. Um concerto original, feito em torno de lengalengas, escritas para chamar a atenção das crianças para as plantas, a agricultura, a alimentação, o cheiro das ervas aromáticas ou até para a cor das flores.

A rapper já tem uma longa lista de trabalho mas lançou em Setembro o seu primeiro álbum para os Mais Novos intitulado ‘Mão Verde’.

Recomendo musicas para toda a familia!

Para os irmãos mais novos - 'Erva de cheiro' (do novo álbum):

https://www.youtube.com/watch?v=_VTrLB_fwu0


Para a nossa turma, recomendo, para 'despentear os cabelos, a dançar' como disse a vocalista!
 - 'Vayorken':

https://www.youtube.com/watch?v=QPldHdOtuMU


Para os nossos pais - 'Casa de Campo':

https://www.youtube.com/watch?v=ShP3libCJJs


Vicente

domingo, 15 de janeiro de 2017

Leonardo Fibonacci


Leonardo Fibonacci
Leonardo Fibonacci, também conhecido como Leonardo de Pisa, Leonardo Pisano ou ainda Leonardo Bigollo, mas, na maioria das vezes, simplesmente como Fibonacci foi um matemático italiano, tido como o primeiro grande matemático europeu da Idade Média. É considerado por alguns, como o mais talentoso matemático ocidental da Idade Média.

Ficou conhecido pela descoberta da sequência de Fibonacci e pelo seu papel na introdução dos algarismos arábicos na Europa.


Sequência de Fibonacci


 
Os números da sequência de Fibonacci são:
 0, 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, 89, 144, 233,   377, 610, ...
 
Fibonacci destacou-se ao escrever o Liber Abaci, em 1202 (atualizado em 1254), a primeira obra importante sobre matemática desde Eratóstenes, isto é, mais de mil anos antes. O Liber Abaci introduziu os numerais hindu-arábicos na Europa, além de discutir muitos problemas matemáticos

O mini-filme seguinte ilustra que muitos dos seres vivos percorrem a sequência de Fibonacci.

 
Fibonacci foi tão importante na história da matemática, que ainda hoje as suas descobertas matemáticas são estudadas nas escolas! 
 
Carolina Percina, n.º 3, 6ºA

Oceanos



Oceanos
Os oceanos existem há milhares e milhares de anos, com espécies únicas no planeta. O oceano formou-se há muito tempo atrás, quando o planeta não tinha nada senão vulcões. Mas, como sabem, as nuvens das erupções vulcânicas chegavam à atmosfera, onde o vapor condensava e chovia. E assim foi, durante milhões de anos, até se formarem os mares e oceanos.
As espécies aquáticas foram evoluindo cada vez mais até chegar aos dias de hoje. Entretanto, em terra firme, as espécies também evoluiram, e aparecemos nós.
Fomos explorando todos os oceanos, descobrindo caminhos marítimos para todo o lado, inclusivé as suas profundezas. Fomos navegando pelos mares e oceanos, pescando e aproveitando os recursos que eles nos davam.
Mas fomos abusando disso e fomos retirando e pescando demais. Desequilibrámos o ecossistema que havia, e agora temos problemas. Agora temos de o salvar e a todos o animais que metemos em perigo.

TODOS JUNTOS PODEMOS MELHORAR O MUNDO!

E agora um filme de Jaques Perrin “Océans”
“Partes não apropriadas a público sensível”
“vejam-no até ao fim”
“Bom filme”

  
Se gostaram deixem um like

Feito por: Manuel Cabrita  n:9  6ºA

domingo, 20 de novembro de 2016

VIDA SIM, CIGARRO NÃO!



Resultado de imagem para perigo do tabagismo

Hoje em dia, ninguém fuma por desconhecer os perigos para a sua saúde e dos que estão á sua volta, os fumadores passivos.
Nem a desculpa, de que um maço de tabaco dura para dois ou três dias os inibe das consequências nefastas do tabaco.
Não existe a figura do pequeno fumador. 
Para os pais e mães, há uma responsabilidade acrescida, estão a criar lentamente, nos filhos, um ritual que os pode levar a serem fumadores  no futuro .
Covém, pois relembrar as consequências para a saúde do tabagismo:

  • Agrava o risco de contrair o cancro, devido aos produtos cancerígenos presentes no tabaco e que se acumulam nos diversos orgãos.
  • É um dos principais fatores de risco das doenças cardiovasculares como sejam o enfarte do miocárdio, a hipertensão arterial, o AVC e a trombose, ao contribuir para a formação de placas que entopem as artérias.
  • Aumenta o risco da renite e da conjuntivite alérgica devido á irritação que provoca nas vias respiratórias.
  • É a principal causa de doenças do sistema respiratório. Agrava a frequência, o ritmo e a intensidade das crises de asma e está diretamente associado à bronquite crónica.
  • É responsável pelo surgimento precoce de rugas.
  • Provoca problemas bocais como a inflamação das gengivas e aumento do risco de perdas de dentes
Precisa de mais razões para deixar de fumar?


David Gonçalves
Diretor de Turma do 6ºA

CRIANÇAS DE PAIS FUMADORES E DOENÇAS RESPIRATÓRIAS



Ana Figueiredo é médica pneumologista, ex-coordenadora da Comissão de Tabagismo da SPP e deu no Dia Mundial do Fumador uma entrevista ao Diário de Notícias, alertando para o perigo de doenças respiratórias nas crianças com pais fumadores que deve ser lida por todos nós.
http://www.dn.pt/portugal/interior/as-criancas-com-pais-fumadores-tem-maior-risco-de-doencas-respiratorias-5502017.html
David Gonçalves
Diretor de Turma do 6ºA